ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    Cachoeiro de Itapemirim
    Presidente da Academia Brasileira de Letras participará da Bienal Rubem Braga O evento acontecerá de 26 a 31 de maio, na Praça de Fátima
    (Foto: Divulgação/ABL)
    Autor: Conexão ES
    13 de Março de 2020 às 07h29

    O presidente da Academia Brasileira de Letras (ABL), Marco Lucchesi, participará da 8ª Bienal Rubem Braga, feira literária que a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Semcult) de Cachoeiro de Itapemirim realizará de 26 a 31 de maio, na Praça de Fátima. Ele estará na conferência de abertura.

    Premiado poeta, romancista, ensaísta, tradutor e editor, Lucchesi é graduado em História pela Universidade Federal Fluminense (UFF), doutor em Ciência da Literatura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), onde atua como professor titular da Faculdade de Letras, e pós-doutor em Filosofia da Renascença pela Universidade de Colônia, na Alemanha.

    Seus livros – dentre os quais, destacam-se coletâneas de poesia e obras sobre autores da literatura brasileira – já foram traduzidos para 17 idiomas. Na Academia Brasileira de Letras, ele é o sétimo ocupante da cadeira nº 15, e se tornou, em 2011, então com 47 anos, o mais jovem escritor a assumir a presidência da instituição.

    “A memória de Rubem Braga é patrimônio da cultura brasileira. Suas páginas sobre a Segunda Guerra me comovem. A primeira cidade da Itália liberada pela FEB foi Massarosa, onde nasceram meus pais. E Rubem narrou a história dessa luta. Rubem Braga é o poeta da crônica, memória viva e profunda de quem dominou como poucos, em nossa língua, a forma breve de expressão”, relata Lucchesi.

    O presidente da ABL fala também sobre o seu apreço pela escritora Clarice Lispector, uma das três artistas homenageadas na edição de 2020 da bienal.

    “Clarice Lispector é um dos territórios mais vastos e fascinantes que jamais aconteceram na literatura em língua portuguesa. Clarice foi o meu princípio organizador, desde a adolescência, para alcançar e compreender uma parte do mundo externo e do meu próprio continente interno”, comenta.

    A Bienal

    A 8ª Bienal Rubem Braga homenageará três artistas femininas que tiveram grande proximidade com Rubem: Clarice Lispector (1920-1977), Tonia Carrero (1922-2018) e Lygia Marina de Moraes. Além das mesas de debate sobre arte e literatura, o evento contará com ampla programação cultural para todas as idades.

    “A Bienal Rubem Braga se fortalece ainda mais com a participação de pessoas como Marco Lucchesi, presidente de uma instituição tão importante para o Brasil. É importante destacar, também, que o fato de homenagearmos três mulheres nesta edição tem um peso muito grande, uma vez que contribui para a luta das mulheres por protagonismo”, destaca a secretária municipal de Cultura e Turismo, Fernanda Martins.

    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento do Conexão ES.