ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    Espírito Santo
    Com investimento de R$ 2 milhões, Ceasa terá obras de reestruturação de telhados A obra tem início previsto em até 60 dias
    (Foto: Assessoria de Comunicação/Ceasa)
    Autor: Conexão ES
    17 de Dezembro de 2020 às 07h14
    (Atualizada) 17 de Dezembro de 2020 às 08h00

    A Diretoria das Centrais de Abastecimento do Espírito Santo (Ceasa) se reuniu na manhã dessa terça-feira (15), com o subsecretário de Estado de Infraestrutura Rural, da Secretaria de Estado da Agricultura e Pesca (SEAG), Rodrigo Vaccari, para o anúncio do início das obras de reestruturação dos telhados das pedras alta e baixa da unidade da Ceasa, em Cariacica. A obra, orçada em R$ 2 milhões, tem início previsto em até 60 dias.

    Pela Ceasa, participaram do encontro o diretor-presidente das Centrais, Guilherme Gomes de Souza; o diretor administrativo e financeiro Adalberto Rodrigues Moura; e o diretor técnico operacional, José Mansur Silva Malhame. Também marcaram presença na reunião representantes da Associação dos Produtores Rurais, assim como muitos produtores, lojistas, comerciantes, carregadores e servidores.

    Na ocasião, a empresa que executará a obra apresentou o projeto e se colocou à disposição para elucidar eventuais dúvidas dos presentes, com informações que estarão expostas em um material produzido pelo setor de Comunicação da Ceasa. O material será disponibilizado pela Gerência de Mercado das Centrais, a partir da próxima semana.

    “Uma obra que garante que as atividades de comercialização ocorram de forma segura, mesmo diante de eventuais intempéries. Outro ponto relevante é que se trata do primeiro galpão sustentável da Ceasa, pois a cobertura possibilitará o reuso de água e a instalação de placas de energia solar. Com isso, a Ceasa mostra seu comprometimento com a questão ambiental”, ressaltou Guilherme Gomes de Souza.

    “Mesmo em um ano de pandemia, a Seag realizou muitos investimentos. A Ceasa é um espaço importante para a comercialização de produtos hortigranjeiros e esse projeto vem para melhorar o ambiente onde milhares de produtores, trabalhadores e frequentadores, utilizam de forma coletiva”, disse Rodgiro Vaccari.

    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento do Conexão ES.