ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    Vargem Alta
    Lojas em Vargem Alta desrespeitam decreto de fechamento do comércio Casagrande determinou o fechamento do comércio durante 15 dias
    (Foto: Divulgação)
    Autor: Conexão ES
    21 de Março de 2020 às 11h03
    (Atualizada) 21 de Março de 2020 às 11h08
    Não, não é uma "simples gripe". Pessoas  contaminadas pelo coronavírus  que desenvolvem a doença precisam de aparelhos para conseguirem respirar. E não há aparelhos respiratórios o suficiente, entendam isso!  A preocupação com as consequências econômicas não podem ser apenas de alguns. A solidariedade deve sobressair ao egoísmo. 

    É necessária uma conscientização de todos. Caso esta "quarentena" de quinze dias não seja o suficiente, provavelmente será necessária outra paralisação, de quem parou agora e de quem não está respeitando a ordem de fechamento, aumentando o prejuízo econômico à todos. 

    Os argumentos que "temos boletos bancários a pagar", é uma justificativa frágil. Não  torna a pessoa especial e imune a doença. Afinal, quem não tem boleto, contas e demais compromissos financeiros?

    Segundo a Polícia Militar a fiscalização sobre o cumprimento do decreto cabe a prefeitura municipal.

    Ontem (20) o Governador Renato Casagrande anunciou  o fechamento do comércio durante 15 dias, a partir de hoje (21), em todo o estado do Espírito Santo.

    Segundo o Governo, permanecem funcionando farmácias, supermercados, padarias, alimentação e cuidados animais, postos de combustível, conveniência e feiras livres. Os restaurantes e lanchonetes funcionarão até as 16 horas.

    A Itália registrou nesta sexta-feira (20) mais 627 mortes pelo novo coronavírus — a maior alta diária desde o início da pandemia. Com isso, o número de vítimas de Covid-19 no país chegou a 4.032.
    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento do Conexão ES.