ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    Agricultura
    Agricultores recebem informações por meio do calendário de 2020 É a 10ª edição do material, com conteúdo técnico-científico de popularização da ciência, a partir da disponibilização de tecnologias do Incaper.
    (Foto: Divulgação)
    Autor: Conexão ES
    13 de Fevereiro de 2020 às 05h58

    Em apoio aos agricultores rurais do Estado, o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), em parceria com o Sindicato dos Trabalhadores Rurais Agricultores/as Familiares de Santa Maria de Jetibá, elaborou um material técnico na forma de calendário 2020. O documento apresenta tecnologias de cobertura de solo e Sistema de Plantio Direto na Palha (SPDP).

    O projeto em questão, coordenado pela pesquisadora do Incaper Maria da Penha Angeletti, teve início em 2008, em Santa Maria de Jetibá, e está vinculado ao projeto de Pesquisa Desenvolvimento & Inovação (PD&I), com recursos da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes).

    Penha Angeletti lembrou que essa já é a 10ª edição do material. “Trata-se de mais um instrumento de conteúdo técnico-científico de popularização da ciência, a partir da disponibilização de tecnologias do Incaper”, disse a pesquisadora. Ela reforçou os agradecimentos ao sindicato, em nome de todos os colegas do Incaper, pelo espaço cedido ao longo destes dez anos de investimentos e oportunidades, a fim de tornar realidade o sistema de plantio direto.

    “Trata-se de mais uma entrega importante da pesquisa do Incaper e parceiros para a agricultura capixaba. Ele reflete as ações de assistência técnica e extensão rural em plena consonância com os focos de atuação do Incaper, que são a agricultura familiar e a sustentabilidade”, lembrou o coordenador do CPCI Serrano, o pesquisador José Salazar Zanuncio.

    No calendário 2020 também estão contidas informações da publicação “Espécies Vegetais para Cobertura de Solo: guia ilustrado”, que é uma das referências citadas no material.

    Sistema de Plantio Direto na Palha (SPDP)

    A tecnologia é uma forma de adaptar as propriedades rurais para conviver com eventos climáticos desfavoráveis e, com isso, possibilitar a continuidade da produção de hortaliças e grãos com sustentabilidade. Dessa forma, por meio dessa técnica, as terras de cultivo podem armazenar mais água, atuando como “caixas d´água”. Ao mesmo tempo em que se faz lavouras comerciais, pode-se aplicar técnicas capazes de trazer o aumento de matéria orgânica e reter água no solo.

    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento do Conexão ES.