ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    Cachoeiro de Itapemirim
    Casa de Cultura Roberto Carlos ganhará novos espaços e atrativos A ampliação da Casa de Cultura Roberto Carlos é uma das ações que integram o plano de retomada econômica pós-pandemia de Cachoeiro, no âmbito do turismo.
    (Foto: Projeto/PMCI)
    Autor: Conexão ES
    20 de Abril de 2021 às 07h20

    Cachoeiro de Itapemirim comemora o 80º aniversário do cantor Roberto Carlos, nesta segunda-feira (19), com um anúncio importante para os fãs do Rei e para o desenvolvimento do turismo local: o espaço cultural, onde fica a casa em que nasceu e morou o menino Zunga – como o artista era apelidado na infância –, ganhará uma série de melhorias e ampliação.

    O objetivo da Prefeitura é valorizar, ainda mais, a Casa de Cultura Roberto Carlos, um patrimônio cultural tombado em nível estadual, fortalecendo-a como ponto turístico que terá papel importante nas ações para retomada econômica do município após a pandemia.

    “Intervenções arquitetônicas no entorno do imóvel e novos atrativos, como um espaço para venda do artesanato local, vão melhorar a experiência dos visitantes da casa, que recebe pessoas de todo o país e do exterior. Queremos, também, aumentar esse fluxo de turistas, o que será muito bom para a economia do município”, conta a secretária municipal de Cultura e Turismo, Fernanda Martins.

    Elaborado pelas secretarias municipais de Obras (Semo) e de Urbanismo, Mobilidade e Cidade Inteligente (Semurb), o projeto de ampliação inclui a incorporação de dois imóveis do entorno do centro cultural e adequações para garantir total acessibilidade aos visitantes.

    O galpão ao lado da entrada do centro cultural, na rua João de Deus Madureira (bairro Recanto), dará lugar a uma grande área aberta de convivência, voltada à contemplação da casa.

    “Os visitantes passarão a ter uma ampla visão da fachada, principalmente, da lateral da casa, atualmente encoberta pelo galpão. Rampas de acesso ao quintal, lanchonete e banheiros também farão parte dessa área”, explica a secretária.

    A outra edificação a ser incorporada tem três andares e faz limite com os fundos da casa. O prédio será reformado para abrigar a Casa do Artesão, que se dedicará à comercialização de produtos artesanais e a oficinas culturais. Para pessoas com mobilidade reduzida, o acesso aos andares será garantido por uma plataforma elevatória, a partir do quintal.

    Por ser um bem tombado, o imóvel, onde o cantor viveu com a família, terá todos os seus aspectos arquitetônicos originais preservados, como a divisão dos cômodos e o tom azul – predileto do artista – das paredes externas.

    De acordo com a secretária Fernanda Martins, após as intervenções, os atuais e os novos elementos da Casa de Cultura Roberto Carlos estarão integrados: a casa em si, que guarda acervo relacionado à vida e à carreira do cantor; a área de convivência e contemplação do imóvel; a Casa do Artesão e a praça já existente, na parte superior do terreno do espaço cultural.

    Retomada econômica pós-pandemia

    A ampliação da Casa de Cultura Roberto Carlos é uma das ações que integram o plano de retomada econômica pós-pandemia de Cachoeiro, no âmbito do turismo.

    “O turismo será um importante aliado no processo de retomada e aceleração das atividades econômicas em Cachoeiro. O fortalecimento da oferta turística do município induzirá o desenvolvimento dos setores de serviços e de comércio, dentre outros. É preciso investir agora para colher num futuro próximo”, avalia o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Francisco Montovonelli.

    Ainda de acordo com o secretário, outro destaque do projeto de ampliação da Casa do Rei é a Casa do Artesão. “É uma grande conquista para os trabalhadores do setor artesanal, que terão um espaço privilegiado, no principal ponto turístico do município, para apresentar seus produtos. O artesanato cachoeirense ganhará em valorização e visibilidade”, afirma.    

    Para o prefeito Victor Coelho, a revitalização do espaço cultural dedicado a Roberto Carlos será um marco para o turismo local.

    “Além da necessária valorização desse ídolo, que merece todas as homenagens, as melhorias no centro cultural vão contribuir para atrair, ainda mais, admiradores do Rei ao município, movimentando toda a cadeia produtiva turística e, consequentemente, gerando empregos, renda e novas oportunidades para empreendedores. Portanto, o investimento que será feito para que possamos receber melhor os turistas também terá efeitos muito positivos na nossa economia”, frisa.   

    A previsão é de que as obras fiquem prontas para abril de 2022, quando Roberto Carlos planeja comemorar seus 81 anos com um show em Cachoeiro.  

    Principal ponto turístico

    A Casa de Cultura Roberto Carlos conta com um acervo de fotos, discos, quadros e instrumentos musicais que fizeram parte da trajetória do cantor. O espaço também é utilizado para eventos culturais e oficinas de música. A casa está fechada ao público, temporariamente, em função do agravamento da pandemia.

     

    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento do Conexão ES.