Mais de 7 mil pilhas e baterias são retiradas do meio ambiente de Itapemirim - Conexão ES
ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    Cidades
    Mais de 7 mil pilhas e baterias são retiradas do meio ambiente de Itapemirim Pilhas e baterias podem levar de 100 a 500 anos para se decompor na natureza, além de poluir o meio ambiente
    Imagem Ilustrativa(Foto: Reprodução/Internet)
    Autor: Conexão ES
    06 de Agosto de 2019 às 08h39

    O município de Itapemirim, vem realizando o projeto “Papa Pilhas”, de proteção ao meio ambiente, onde mais de sete mil pilhas e baterias já foram recolhidas nas escolas da rede pública e nas Unidades de Saúde do município. Essa ação é uma parceria entre as Secretarias Municipais de Meio Ambiente, Educação e Saúde de Itapemirim, que implantaram o projeto no ano de 2018. Este tem como ponto principal a preservação ao meio ambiente, visando que o cidadão faça o descarte correto para pilhas e baterias que não estão mais em uso.

    Os materiais das pilhas e baterias contêm substâncias que, quando descartados em locais inadequados, são capazes de acarretar problemas ao Meio Ambiente, tanto ao solo quanto a água, além de poder causar graves doenças na população. O projeto “Papa Pilhas” é uma inovação, pois tem como principal característica levar essa importante informação de forma lúdica de filho para pai, criando um personagem através de galões de água vencidos, que é o “Papa Pilhas”.

    Segundo o coordenador do projeto “Papa Pilhas”, Cláudio Marvila, o trabalho tem sido mais intenso nos últimos meses, pois mais coletores foram confeccionados e instalados nas escolas da rede pública, além da realização de campanhas de educação ambiental que ocorre periodicamente nas escolas. “As mais de 7.000 pilhas e baterias, serão destinadas a uma empresa especializada para fazer a destinação final desses resíduos tão prejudicial à saúde humana”, relata Cláudio.

    O Secretário Municipal de Meio Ambiente, Jean Paz Roza, informa que muitas pessoas ainda têm dúvidas de como descartar esse tipo de lixo corretamente, e os “Papa Pilhas” estão sendo instalados em pontos estratégicos, ou seja, nas Escolas e em Unidades de Saúde de todo município, para incentivar as pessoas a levarem esse tipo de lixo para um descarte correto. “Pilhas e baterias podem levar de 100 a 500 anos para se decompor na natureza, além de poluir o meio ambiente. Essa ação já está trazendo grandes resultados para o município”, diz o secretário.

    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento do Conexão ES.