ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    COLUNISTAS Paiva Netto
    Pais de Boas Obras
    Por Paiva Netto
    17 de Agosto de 2020 às 12h50

    Minhas Irmãs e meus Amigos, minhas Amigas e meus Irmãos, no segundo domingo de agosto comemoramos no Brasil o Dia dos Pais! Nosso pensamento se eleva em primeiro lugar ao Pai de todos, o Celestial, que gerou nossos pais e fez igualmente de nós pais. Alguns argumentam: “E como ficam os homens que não têm filhos?”

    Já expliquei que pai também é aquele que faz nascer Boas Obras — como que suas filhas —, o que levanta indispensáveis construções espirituais e sociais — como que seus filhos. Grandes figuras da humanidade não foram genitores no sentido literal da palavra, contudo trouxeram à Terra filhos livros, descobertas científicas e desbravamentos filosóficos, morais, políticos, religiosos. São admiráveis descendentes que beneficiam multidões, geração após geração.

    Aos pais de filhos espirituais, carnais, morais, sociais, o reconhecimento fraterno da Legião da Boa Vontade, dos seus Centros Comunitários, Educacionais, Culturais, Artísticos, Esportivos; do Conjunto Educacional Boa Vontade, em São Paulo/SP; do Centro Comunitário de Assistência Social Alziro Zarur, da LBV, em Glorinha/RS; de todas as obras que sustentamos pela força da Fé Realizante, porque a Fé, ensinou Jesus, remove montanhas. Ele nos incentiva: “Se tiverdes Fé do tamanho de um grão de mostarda, direis a esse monte: sai daqui, lança-te ao mar, e assim acontecerá, porque tudo é possível àquele que crê” (Evangelho, consoante os relatos de Mateus, 17:20).

     E mais afirmou o Divino Chefe: “Tudo é possível àquele que crê” (Evangelho, segundo Marcos, 9:23).

     A quantos o Excelso Taumaturgo tem convidado: “Levantai e andai!” (Evangelho, consoante Lucas, 5:23).

     E caminharam. A quantas pessoas ordenou: “Vede!” E viram. O Cristo curou cegos de nascença (Evangelho, segundo João, 9:1 a 91). Porque cada um recebe, Ele mesmo adverte: “de acordo com as obras de cada um” (Evangelho, segundo Mateus, 16:27; e Apocalipse, 20:13).

     Seres de Boa Vontade, do Brasil, do mundo, do plano espiritual ainda invisível aos nossos parcos sentidos físicos, para a frente e para o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista!

    Paiva Netto José de Paiva Netto, escritor, jornalista, radialista, compositor e poeta. É diretor-presidente da Legião da Boa Vontade (LBV). Material divulgado pela Assessoria de Comunicação da Legião da Boa Vontade - LBV.

    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento do Conexão ES.