ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    Economia
    Bandes se habilita a garantir R$ 500 milhões para contratação de operações de crédito emergencial O Programa tem prazo de vigência até 31 de dezembro deste ano
    (Foto: Divulgação)
    Autor: Conexão ES
    09 de Outubro de 2020 às 13h23
    O Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) teve, nesta quinta-feira (08), a autorização formal para a utilização de limite de R$ 500 milhões do Fundo Garantidor para Investimentos (FGI). A habilitação foi oficializada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), administrador do fundo, para ser aplicada em operações de crédito vinculadas ao Programa Emergencial de Acesso a Crédito (PEAC).

    O objetivo do Programa, lançado pelo Governo Federal, é apoiar empresas de todos os portes, associações, fundações de direito privado e cooperativas que atuem nos setores mais impactados pela pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) na obtenção de financiamentos por meio da oferta de uma garantia de 80% à instituição financeira concedente do crédito.

    O Programa tem prazo de vigência até 31 de dezembro deste ano. Com a garantia, o risco de inadimplência passa a ser reduzido para as instituições financeiras concedentes do crédito, trazendo mais segurança para as operações de financiamento, ampliando o acesso a crédito para as empresas.

    “Com este mecanismo, esperamos que as empresas tenham mais uma porta de acesso ao crédito neste momento delicado. Temos buscado ajustar nossos produtos às demandas do empresariado capixaba, com linhas competitivas, captação de recursos e adoção de formas de garantias, a exemplo do Fundo de Aval Bandes, que deem um impulso às empresas para uma retomada econômica consistente, contratando operações financeiras com risco reduzido. Esta é a contribuição do Bandes para este momento”, destacou o diretor-presidente o banco capixaba, Maurício Cézar Duque.

    O Banco capixaba, que já movimentou cerca de R$ 205 milhões em financiamentos emergenciais desde o início da pandemia, vem se consolidando como uma alternativa financeira para médias e grandes empresas que promovam uma dinâmica econômica nos setores em que atuam. Com a utilização do FGI em novas operações, a expectativa é que tanto o banco quanto as empesas financiadas tenham mais segurança para a contratação de financiamentos.

    Clique aqui para mais informações sobre o Programa Emergencial de Acesso a Crédito (PEAC).
    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento do Conexão ES.