Governo entrega nove leitos de UTI para hospital em Venda Nova - Conexão ES
ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    Espírito Santo
    Governo entrega nove leitos de UTI para hospital em Venda Nova O valor investido na abertura desses leitos foi de R$ 1.569.676,03 para estruturação do espaço
    (Foto: Adriano Zucolotto/Governo ES)
    Autor: Conexão ES
    19 de Julho de 2019 às 10h38
    (Atualizada) 19 de Julho de 2019 às 10h39
    Na manhã desta sexta-feira (09), o governador Renato Casagrande, juntamente com o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, realizou a entrega de nove novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), no Hospital Padre Máximo, em Venda Nova do Imigrante. Esses leitos vão atender pacientes clínicos do Sistema Único de Saúde (SUS) da região serrana e de outras regiões, regulados pela Central Estadual de Regulação de Internação e pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que necessitam de cuidados intensivos. 

    O valor investido na abertura desses leitos foi de R$ 1.569.676,03 para estruturação do espaço. Segundo o governador, esse investimento visa atender uma necessidade da região e diminuir o sofrimento de quem precisa de um atendimento mais complexo. “Os leitos de alta complexidade eram uma necessidade da região. Agora teremos condições de um atendimento mais rápido e de mais qualidade. O fato de ter uma BR passando pela cidade aumenta a necessidade. Precisamos descentralizar, o deslocamento para o atendimento traz um sofrimento muito grande”, lembrou.

    A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) mantém um repasse mensal ao Hospital Padre Máximo para o custeio da urgência e emergência (R$ 100.000,00/mês) e quatro leitos de Saúde Mental (R$ 22.440,44/mês).

    Aquisição de equipamentos

    Além do investimento para a abertura dos novos leitos de UTI, a Sesa também realizou uma transferência de recursos financeiros no total de R$ 160 mil para compra de equipamentos e mobiliários para a unidade hospitalar, de acordo com o Termo de Fomento nº 9003/2019, publicado nesta quarta-feira (17), no Diário Oficial o Espírito Santo. 

    Esse valor foi dividido da seguinte forma: R$ 83.345,00 para aquisição de mobiliários para a UTI; R$ 42.084,90 para compra de computadores para as áreas de call center, recepção, Serviço de Arquivo Médicos e Estatísticas (SAME), pronto-socorro, lavanderia e sala de prescrição médica; e R$ 34.570,09 para uma central de ar-condicionado para a sala de pré-parto, sala de classificação de risco, sala de gesso, consultórios médicos, sala de endoscopia, almoxarifados, armazenamento de medicamentos, SAME, recepção e salas de observação do pronto-socorro.

    Esse Termo de Fomento começa a valer no dia seguinte ao da publicação no Diário Oficial, e tem validade até o dia 31 de maio de 2020.
    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento do Conexão ES.