ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    Geral
    Vargem Alta, filas para todos os lados Após um ano desse flagelo, as autoridades federais, estaduais e municipais devem fazer novas escolhas no combate ao Coronavírus
    (Foto: Conexão ES)
    Autor: Cláudio Pazetto
    07 de Abril de 2021 às 11h50
    (Atualizada) 07 de Abril de 2021 às 14h33

    Como pode melhorar? Esta pergunta é uma ferramenta de consciência que pode ser usada para situações boas ou ruins. Deixamos claro nesta reportagem o posicionamento do portal Conexão a favor de medidas de enfretamento ao Coronavírus, a favor da vida e da economia.

    O retrato de Vargem Alta na manhã desta quarta-feira (7) sugere urgentemente novas estratégias dos governos para conter o Covid-19. As filas nos correspondentes bancários e em outras instituições financeiras eram gigantes. A situação piorou com uma chuva torrencial que levou as pessoas a se aglomerarem mais.

    A abundante chuva pirou a situação das pessoas. Foto: Conexão ES



    Os governos, em todas as esferas, precisam tratar com mais dignidade os cidadãos neste momento de combate a pandemia. É uma questão apolítica e humanitária. É vacina sim para todo mundo, é repensar se a diminuição de horários de atendimento e de quantidade de ônibus no transporte público é uma alternativa viável.

    E se ampliassem o horário do comércio limitando o número de pessoas por estabelecimento? E se aumentassem o quantitativo de linhas de ônibus para a população? E se em vez de concentrar as pessoas em dias e horários houvesse um dilatamento dos espaços e do tempo para caber as pessoas com o distanciamento adequado?

    Com menos dias e horários reduzidos a aglomeração tomou conta  da cidade.

    Após um ano desse flagelo, as autoridades federais, estaduais e municipais, devem fazer novas escolhas e reposicionarem suas ações de confrontação a doença. São fatos e indagações que vão além de posicionamentos ideológicos, porque nas filas o povo não consegue ir a direita, a esquerda e nem ao centro sem colocar suas vidas em risco.

    O início de mês, normalmente, já concentra pessoas nas ruas para pagamentos de contas e recebimenyos de benefícios.

    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento do Conexão ES.