Enquete em Rio Novo do Sul e a luta pelo poder - Conexão ES
ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    Política
    Enquete em Rio Novo do Sul e a luta pelo poder Infelizmente, na luta pelo poder, há pessoas e veículos de comunicação que desejam ganhar a qualquer custo e preço.
    (Foto: Divulgação)
    Autor: Conexão ES
    29 de Junho de 2019 às 10h17
    (Atualizada) 29 de Junho de 2019 às 17h01

    Na manhã deste sábado (29) surpreendentemente foi veiculada uma transmissão em uma rádio, com informações no mínimo equivocadas sobre a enquete realizada esta semana para saber a opinião popular para o pleito eleitoral de 2020. Dentre os fatos narrados está uma inverídica retirada  do nome do Sr. Leandro  Barros, atual secretário de obras,  do novo levantamento para favorecer outro pré-candidato. Fato desmentido pelo próprio email do secretário Leandro ao portal Conexão.

    Infelizmente, na luta pelo poder, há pessoas e veículos de comunicação que desejam ganhar a qualquer custo e preço. Lamentável! O povo brasileiro insiste em questionar e reclamar de certas atitudes e comportamentos da classe política que desvirtuam a democracia. Infelizmente há pessoas que persistem no erro.

    Em Rio Novo do Sul, no embate  entre oposição e situação, na disputa entre aliados para um lugar ao sol, para algumas pessoas, não interessam os meios, o importante é o fim.

    Entenda o caso:

    O portal Conexão lançou no dia 24, uma enquete para saber a opinião dos internautas quanto a preferência para administrar a  prefeitura de Rio Novo do Sul nas eleições 2020, onde o usuário votava em um dos possíveis pré-candidatos a prefeito.

    Durante o levantamento  o portal Conexão recebeu denúncias sobre tentativas de burlar o sistema de votação. Em respeito aos nossos leitores foi suspensa a enquete no dia 26.

    Na reportagem, no memso dia,  explicando o triste episódio que demonstra como há pessoas desinteressadas em promover a democracia, foi publicada nova enquete, mantendo todos os nomes dos pré-candidatos, mas com outra modalidade de acesso, onde havia um cadastro e informação aos participantes que já haviam votado, caso tentasse acessar por uma segunda vez.

    Ao longo do dia 26, o sr. Leandro Barros contactou via whatsApp e email, o  portal Conexão pedindo a retirada do nome dele da enquete. Também solicitaram que nãos constasse mais  seus nomes o vereador Marciel Malini e o respeitado empresário Renato Louzada.


    Veja abaixo pedido do Sr. Leandro Barros:

    Email enviado dia 26/Jun pedindo retirada do seu nome da enquete. Foto: divulgação



     

     

    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento do Conexão ES.