ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    Vargem Alta
    Destino de ex-colégio salesiano gera dúvidas, polêmica e embate político A sociedade poderia ter sido informada sobre o que pretendem desenvolver, evitando a propagação de incertezas
    (Foto: Divulgação)
    Autor: Conexão ES
    17 de Abril de 2021 às 10h27
    (Atualizada) 17 de Abril de 2021 às 10h29

    A aprovação na Assembleia Legislativa do Espírito Santo do projeto de lei encaminhado pelo Governador do Estado Renato Casagrande, alterando legislação para que o “Executivo se desfaça de terrenos considerados inservíveis e subutilizados na Grande Vitória e interior” conforme divulgado no site da ALES, gerou polêmica. Entre os imóveis está a área do ex-colégio salesiano em Vargem Alta.

     

    A divulgação da notícia fez surgir dúvidas sobre o futuro do patrimônio que possui valor histórico, cultural, religioso e social para a população.  Comumente os cidadãos não possuem o conhecimento aprofundado em interpretação das leis ou sobre termos técnicos e jurídicos. No caso em questão, a comunidade  poderia ter sido  informada sobre o que pretendem desenvolver, evitando a propagação de incertezas.

     

    O bem foi adquirdo pelo Governo do Estado há 7 anos, nesse período a sociedade teve expectativas frustradas. Houve momentos de abandono da edificação, até mesmo com mato tomando conta e depredação do prédio, portanto chega a ser natural o descrédito e a desesperança da população.

     

    Ao longo desta semana o assunto da aprovação do projeto foi reportagem no portal Conexão e em outros veículos de comunicação, tema de debates nas redes sociais e culminou em acalorada disputa política. A repercussão dos fatos levou as autoridades a se pronunciarem na manhã deste sábado (17) através de vídeo publicado pela prefeitura do município com as falas de Tyago Hoffmann, secretário de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional  (Secti)  e de Elieser Rabello, prefeito do município de Vargem Alta sobre a destinação do salesiano.

     

    “O governo do estado não pretende vender o colégio Salesiano muito pelo contrário nós queremos dar um uso para esse prédio, esse prédio tem uma importância para a cidade, para Vargem Alta. Estamos trabalhando para uma proposta para esse prédio e esperamos que em breve, junto com o governador, possamos anunciar um bom uso para esse prédio. Não vamos vender esse colégio Salesiano e vamos sim utilizar para o bem da cidade da região, ” afirmou Hoffmann.

     

    O vídeo foi finalizado com mensagem do prefeito municipal.  “Ao contrário de alguns políticos oportunistas que estão dizendo por aí que o colégio vai ser vendido, estamos trabalhando desde o ano passado com o governo do estado e já fizemos duas reuniões, inclusive teremos uma reunião na próxima terça-feira com secretário de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional para dar prosseguimento e nossas negociações e o colégio salesiano será ocupado de novo em benefício da população de Vargem Alta, ” disse Elieser.

     

    Há uma espera da sociedade pela concretização de um projeto de viabilização da estrutura adquirida para contribuir com um novo momento de desenvolvimento socioeconômico da região. 

    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento do Conexão ES.